Nova rotina de pele para o dia

Publicado por: Marlene Vinha a 08 de Sep 2015

Andava a adiar escrever este post porque isto dá uma trabalheira descomunal e, a julgar pela quantidade de produtos que aqui vêem, vai ser coisa das longas. Assim, e porque não dá para adiar mais, já que depois desta já tive mais duas rotinas diferentes, avancemos então para os produtos!

A limpeza será sempre a primeira coisa que faço, claro, e para isso, deito sempre a mãos a águas micelares e texturas leves, porque de manhã, na verdade, não há assim nada de muito profundo para limpar. Nalguns dias, em que abusei dos cremes, dos óleos ou das máscaras nocturnas, sinto necessidade de uma coisa mais intensa e aí recorro então ao Leite Desmaquilhante da Caudalie que, como o nome indica, é um leite de limpeza suave, com óleo de amêndoa e de sementes de uva, que dá para todos os tipos de pele. Ora bem, gostei bastante deste produto mas também não costumo ser muito exigente com leites de limpeza. Desde que retirem a sujidade da pele (e não me refiro propriamente a maquilhagem, porque existem coisas melhores para o efeito, na minha opinião) e sejam suaves, por mim, está tudo ok. E este, encaixa-se nessas premissas: limpa o essencial, deixa a pele confortável e contém uma data de ingredientes que a mesma gosta. E mais, não posso pedir.

O segundo passo (ou primeiro, caso abdique do uso do leite) é passar então uma água micelar, para ter a certeza de que tudo fica impecavelmente limpo. Assim, e de forma rotativa e ao sabor das vontades, que são sempre pululantes, andei a usar estas três opções, sendo que uma delas, a Eau de Bleuet (que não é micelar, atenão), oferecida pela Sara, é especialmente indicada para a zona ocular. Esta água obtém-se pela destilação de flores de centáurea, coisa que pelos vistos se faz desde a Idade Média, e que ajuda imenso a tratar olhos congestionados e fatigados. Portanto, depois de passar o leite de limpeza, embebo um algodão nesta água e deixo repousar uns segundos e de facto, para quem tiver tempo e quiser acrescentar um passo extra na sua rotina, este é um dos muito agradável, já que funciona como tónico refrescante. Sinto particular alívio naqueles dias em que acordo muito cedo, com poucas horas de sono no corpo, e com os olhos vermelhos. Colírio e depois esta água, fazem milagres!

Tenho depois duas águas micelares que andaram a uso e das quais não fiquei particularmente fã. Começo por esta Plante System - Les Soin Bio que é de facto muito fraquinha. Tão fraquinha na tarefa de retirar maquilhagem que não me restou senão a alternativa de a usar apenas de manhã, quando a tarefa a esse nível está bastante facilitada.Com camomila e chá verde, é de facto muito suave (até demais) e só a aconselharia a alguém que não se maquilhe ou que a use apenas de manhã...e mesmo assim, há coisinhas melhores.

Para finalizar o passo da limpeza, tinha também esta Sensyes Cleanser Classic da Sesderma. Mal vi que esta marca, que adoro, tinha lançado uma série de águas de limpeza para diversos efeitos, fiquei logo com vontade de experimentar. A marca descreve-a como indicada para a higiene e tonificação, para todos os tipos de pele, capaz de remover resíduos solúveis e hidrossolúveis e indicada para peles que sofram de acne, melasma, dermatite e pele sensível ou sensibilizada, em geral.

Ora bem, em primeiro lugar tenho um certo problema com este tipo de embalagem, que dispensa produtos através de um pump. Eu sei que este sistema serve para facilitar a vida da malta, e de certeza que o problema até é meu, mas a verdade é este tipo de saída dá-me sempre problemas. Ora porque pressiono e sai pouquíssimo produto de cada vez e tenho de estar ali a dar bombadas até ter o algodão ensopado. Ora, como neste caso a embalagem é pequena e não tem estabilidade (juntando ao problema anterior) ainda tenho de a segurar para não tombar. Ora porque sempre que pressiono o algodão, e se o mesmo não estiver bem posicionado, esparrinha água para todo o lado. Enfim, first worlds problems à parte, não sou fã do sistema, como se percebeu e, num segundo plano, não fiquei fã da eficácia do produto em si também.

Como disse, quando me maquilho a sério, prefiro óleos para limpar a pele, mas neste caso, mesmo quando me maquilho pouco, este menino não consegue um desempenho satisfatório, como uma Bioderma tem, por exemplo, no que toca a retirar uns resquícios de máscara de pestanas e sombras. Assim, tal como o produto anterior, foi remetido para um trabalho diurno e à noite, só é chamado ao serviço para retirar um ou outo pormenor que escape ao óleo desmaquilhante.

Para rematar a etapa da limpeza e dar início à de tratamento, recorro ao serozinc, que já apareceu por aqui algumas vezes, e que consiste numa água termal/tónico com minerais calmantes e anti-sépticos que ajuda a manter a pele lisa e calminha. Herdei estre produto da minha rotina para a rosácea: é baratinho e sabe mesmo bem aspergir este produto na pele, por isso, manter-se-á por aqui, até vontade em contrário.

O que nos leva a mais um spray, que funciona como primeiro patamar no tratamento da pele, e falo desta Ultracalming Mist da Dermalogica, indicada para hidratar e acalmar a vermelhidão e sensibilidade. Diz a marca que esta bruma, usada como passo pós limpeza, tranca a hidratação na pele e que graças aos ingredientes (aloé vera, antioxidantes e agentes anti-irritantes), consegue quebrar o processo inflamatório que conduz à sensibilidade e vermelhidão. Pode ser usado nesta fase do dia mas, como sabem, eu adoro borrifar-me de vez em quando, porque ajuda a que a minha pele permaneça hidratada e com um glow bonito. Gosto, mas considero que o líquido podia sair de forma mais elegante (menos esguichado)! 

Depois, vem a verdadeira fase de tratamento e, para a iniciar, andei a usar este Peptide 500 da Mizon que é basicamente uma água carregada de coisas boas que a torna ideal para usar numa primeira fase já que, em dois segundos, a pele absorve o produto e fica prontinha para o passo seguinte. Esta marca, que conquistou a minha confiança por mérito da Coisas&Cenas, é de facto fantástica e, de tudo o que já usei, só posso dizer coisas boas. Em breve post com as coisas que andei a usar!

Voltando a esta Mizon Original Skin Energy Peptide 500, que tem como finalidade actuar em termos de rugas e afins, contém uma concentração de péptidos os quais, dizem, promover o colagénio e elastina na pele. Encontramos ainda ácido hialurónico na composição, ingrediente chave no que toca a manter a hidratação e elasticidade da pele.

O passo seguinte consistiu na aplicação do sérum Luminescence da Lierac, para ver se dava cabo das desgraçadas das minhas manchinhas. Na altura do seu aparecimento, relatei aqui que gostei deste produto e que achei que, durante o inverno, a coisa tinha melhorado bastante. No entanto, fruto dos trabalhos que tenho tido em exterior, e mesmo munindo-me de todos os cuidados possíveis (protector solar, óculos e chapéu, sempre) despontou uma mancha maior na minha face direita. Raios! Ando a tentar conviver pacificamente com esse facto mas no inverno tomarei medidas mais drásticas. Por agora, e remetendo-me à altura em que usei este sérum, gostei bastante porque senti que ajudou qualquer coisa no seu objectivo de tratar das manchas, e gostei da textura leitosa e levinha, mas que não compromete o conforto que gosto na pele. Para além disso, deixa uma luminosidade bonita e fica a dica, pois este sérum pode ser adicionado à base, para podermos beneficiar do seu efeito iluminador.

Para os olhos, herdei da rotina anterior este Forever Youth Liberator da Yves Saint Laurent(*) que a vós confesso, nunca um creme de olhos me durou tanto nem me custou tanto a usar! Já o tinha apresentado devidamente aqui, mas recapitulo dizendo que é um creme que assume a promessa de refrescar e relaxar a zona periocular, com acção anti-papos e olheiras, bem como providenciar o efeito óptico de reflectir a luz, sendo que o efeito visual é de que as rugas são alisadas. Em termos de performance, não fiquei cliente porque na verdade, sou um pouco esquisita com creme de olhos e ainda não encontrei um que me enchesse as medidas. Este, pela sua textura gel, leve e facilmente absorvida, achei que desempenhou um papel interessante no turno diurno de beleza!

Na zona da rosácea, já me mentalizei que tenho de usar sempre qualquer coisa para o efeito, e andou a uso este Tolérance + Plus da linha Créaline da Bioderma. Um creme descomplicado, no que à formulação diz respeito, com ingredientes calmantes e indicado para peles intolerantes que reagem imediatamente a qualquer coisa e cujo resultado é o aquecimento cutâneo, vermelhidão, desconforto. Como não tenho tido crises, não consigo atestar como se porta este creme em situações de emergência e limite. De qualquer forma, a pele andou e anda tranquila, e acho que manter alguns produtos calmantes na rotina, tem contribuído para esse feito.

O que nos leva aos creme de rosto e pescoço e começo pelo Grape Power Dynamic Day Cream da Dvine (*), marca portuense, apresentada aqui, se bem se lembram, Ora bem, de todos os produtos que usei, este foi o meu favorito, sobretudo pela textura. Todos os produtos são elaborados a partir de uma selecção de bons ingredientes (óleo de grainha de uva, ácido hialurónico, vitaminas), com embalagens à altura, que garantem a manutenção da sua "frescura". No caso deste creme em particular, a sua textura untuosa fez com que, durante os meses mais frios, a minha pele andasse hidratada e reconfortada.

Este creme assume-me como indicado para todos os tipos de pele graças às suas propriedades hidratantes e nutritivas mas eu, pela experiência que tive, assumia-o mais como indicado para peles normais a secas, pela textura a tender mais para o untoso, e pela luminosidade que deixa na pele. O aroma é transversal aos produtos, mas adianto já aqui que a fragrância assinalada como sendo marca de água da linha, é suave e contribui para o que o seu uso seja deveras agradável.

No segmento de tratamento de pescoço, que nunca pode faltar, andei a usar este Suractif Volume Contour Décolleté Cream da Lancaster e tenho a dizer que foi dos cremes que mais gostei de usar nos últimos tempos, pela textura algo esponjosa e pelo aroma irresistível. Claro que isso não chega para validar positivamente um creme, mas que ajuda, ajuda. No que diz respeito àquilo que verdadeiramente importa, a eficácia, na verdade não vos sei dizer porque, para não variar, tenho sempre muita dificuldade em apreciar a capacidade de refirmação do oval do rosto. No entanto, lendo o que o produto diz de si mesmo, faz parte de uma linha dedicada ao efeito -refirmar - que disponibiliza cremes para o dia e noite, para os olhos, etc. Diz trabalhar para melhorar o colagénio (não encontrei os ingredientes, por isso vou acreditar, com certas reticências) e consequente elasticidade da zona.

Por último, (e a esta altura já devem estar a duvidar que eu aplique isto todos os dias, mas quem me conhece, não me deixa mentir) ainda tenho tempo e paciência para empilhar aquilo que considero fundamental numa rotina de dia digna: o protector solar. Seja verão, ou inverno, frio ou calor, nunca, mas jamais, saio de casa sem aplicar o protector solar. Um dos meus queridinhos é este FotoUltra 100 da ISDIN Spot Prevent. Antes deste, usei o dedicado à sensibilidade mas, como ando a tombos com umas manchas malditas, resolvi confiar que este me evitasse a proliferação de mais umas quantas. Infelizmente, ainda assim, consegui ganhar uma mancha nova, que tem o tempo contado mas, no geral, adoro e recomendo estes protectores: é uma marca que me transmite confiança e é especialista em protectores solares (de rosto, corpo, criança), em todas as texturas possíveis (creme, gel, spray, com cor) e neste caso, gosto por se tratar de um produto liquido e levinho, tipo água, que se aplica facilmente e não deixa grandes resíduos na pele . (Digo isto, porque se me der a preguiça e não o espalhar bem, fica um nadinha branco).

Por último, e já depois da maquilhagem, gosto de borrifar este UV in Cellium do Institut Esthederm que já foi falado muitas vezes por aqui e que nunca mais acaba. Uso para restituir aquele glow à pele que fica anulado pela aplicação de pó e porque traz uma protecção extra à pele e isso, será sempre bem-vindo!


Comentários
Disclaimer

Todos os produtos mencionados neste blog são comprados por nós. As ofertas são identificadas com um (*) e merecem da nossa parte (no caso de apreciações) a mais sincera opinião, tal como todos os outros.

Possuímos um sistema de afiliados com a loja online Skin.pt e com a sweetcare.pt, por isso, colocamos links a apontar para produtos à venda nas mesmas.

Os links para produtos colocados nos posts, são apenas indicativos. Sugerimos aos nossos leitores uma pesquisa prévia em diferentes pontos e plataformas de venda, de maneira a garantir compras informadas.

Não fazemos posts patrocinados (publiposts) e, como tal, nenhum dos conteúdos apresentados neste blog é pago. Assim, reservamos a zona lateral esquerda para banners, publicidade paga, acções e passatempos a decorrer no blog, e o rodapé a parcerias.

Os conteúdos visuais e escritos são da nossa autoria. Os conteúdos cedidos/citados serão identificados com o autor e/ou fonte dos mesmos.

SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Diff Hair Designers