retinol

Publicado por: Marlene Vinha a 09 de Dec 2018

*fotografia de Luísa Rodrigues*

No que ao envelhecimento diz respeito, há um ingrediente que reúne consenso no que toca à sua prevenção e correcção. Falamos de vitamina A aka retinol. Encontra-se no mercado sob diversos nomes e em diferentes concentrações, e convido-vos a visitar o blog da Marta (a pele que habito) para saber destrinçar mais sobre o assunto.

Assim, o meu contributo vai apenas no sentido de partilhar alguns produtos que já usei ou que existem no mercado, e que podem ser um bom ponto de partida para quem se preocupa em prevenir, o mais que puder, o envelhecimento e os seus sinais, nomeadamente: rugas, manchas e flacidez.

Ora vamos a um dos produtos com retinol mais conhecido mas que apenas se compra com receita médica. O Ketrel é um creme à base de Tretinoína (ou Ácido retinóico), com concentração a 0.05% e é um dos ingredientes mais usados no tratamento da acne, do envelhecimento e das manchas escuras provocadas pelo sol. A sua mais-valia prende-se com o facto de actuar como um poderoso renovador da pele, antioxidante e que tem a capacidade de aumentar a produção de colagénio. Como no meu caso a pele seria demasiado sensível para aguentar este produto puro, comecei por usar manipulado ou seja, diluído, como expliquei neste post. Posteriormente, aumentei para o produto directamente do tubo e correu bem, desde que espace a sua aplicação e evite as maçãs do rosto, por causa da rosácea. Faz a pele descamar com alguma intensidade mas consigo controlar os efeitos colaterais com algum reforço da hidratação e produtos calmantes.

Em seguida, avanço para o NeoStrata Skin Active Retinol + NAG Complex que é uma bomba formulada com 0.5% de retinol e com o ingrediente patenteado da marca, o NeoGlucosamine® (NAG) que diz ampliar o efeito volumizador e firmante do ingrediente estrela. Este produto tem uma textura em gel que aplico sozinho e que, ao fim de 2 ou 3 dias, me deixa a esfolar fortemente. Assim que entra na rotina de forma regular ( e com isto digo de uma a duas vezes por semana, apenas), este efeito indesejável diminui e sente-se a penas um peeling muito ligeiro e completamente tolerável. A pele fica incrivelmente luminosa, mas perigosamente fina pelo que, aconselho atenção redobrada aos cuidados de manutenção que o retinol exige, e que vos deixo mais abaixo. De todos, é um dos meus favoritos, porque além de estar bem formulado, a embalagem protege o produto que abriga, já que é opaco e airless.

O kit Age Repair Elixir da Frezyderm (*via sweetcare) é uma dupla que consiste numa embalagem com 25 cápsulas+óleo de 15ml com o objectivo de que juntos, estes produtos actuem em sinergia e ajudem a estimular a renovação da pele, corrigir imperfeições e suavizar sinais da idade. {A sugestão da marca vai no sentido de fazer o tratamento seguido, durante 25 dias, coisa que não fiz pelo que, a minha opinião será feita com essa salvaguarda. } Apliquei 2 a 3 vezes por semana, em pele limpa e começando pela gota. A textura é aveludada, e conta, com toda a certeza com silicones, sendo que uma unidade serve para todo o rosto. Após a aplicação, deve-se deixar a pele absorver o produto, e em seguida sobrepõe-se o óleo, que é bastante rico e untuoso e cheira muito bem a amêndoas doces. (peles oleosas, não me parece que vão gostar) Este elixir hidrata e "segura" o produto aplicado previamente, fazendo um efeito casulo, que me agrada, por considerar que é bastante confortável e eficaz. O facto de ter usado esta dupla de forma intervalada com outros tratamentos, leva a que a minha experiência traduza um efeito bem tolerado ao retinol, já que as cápsulas contêm esse ingrediente, ainda que não seja adiantado em que concentração. No final, acho que é um excelente produto, especialmente para peles secas e para quem se quer iniciar nestas lides do retinol. Ainda que não tenha registado nenhum resultado dramático, penso que será um tratamento regular de manutenção bem interessante.

Passamos agora ao Retinol 1% da The Ordinary, que ainda não testei, até porque já tenho coisas que chegue a uso. Fica no entanto mais uma alternativa, para quem quer fazer uma introdução ao tema, sem empenhar um rim. Julgo que esta versão foi reformulada e agora podem encontrar mais uma data de produtos com retinol da marca, em mesclas com outros ingredientes, que penso ser com o objectivo de tornar a fórmula mais equilibrada, como o esqualeno, por exemplo, que é fortemente hidratante.

Antes da the Ordinary bombar, uma marca que era bastante falada era a Indeed labs, um pouco pelos mesmos motivos: bons ingredientes, a preços acessíveis. A marca caiu um pouco no esquecimento noto eu, mas ainda assim, sem dúvida que continua a ter boas opções, no que a ingredientes-chave diz respeito, como ácido hialurónico ou vitamina c (que acabei de comprar e estou ansiosa por testar). Pois bem, Retinol Reface Retinol Skin Resurfacer é um produto em textura gel/creme bem ligeiro e, de todas as opções testadas, diria que é um produto de intensidade média Não sei a concentração mas será certamente baixa porque não promove descamação e, ainda que a minha rosácea não o tolere, o resto da pele do rosto e pescoço sim, e é aí que o aplico.

Cuidados a ter na aplicação de retinol:

*reforçar a hidratação da pele: ingestão de água, máscaras e séruns com ácido hialurónico;

*aplicar este ingrediente apenas à noite e reforçar a protecção solar de dia;

*dependendo da exposição solar, eu suspenderia a sua aplicação no verão;

*independente de tudo o resto, assegurar a protecção solar, com o uso de retinol, é fundamental;

* eu pessoalmente não misturo, na mesma rotina, este ingrediente com outros ácidos (excepto o hialurónico), ainda que digam que não há evidência de tal incompatibilidade (ler mais aqui);

*aplicar um produto cicatrizante nos dias a seguir (cicaplast ou o cicabio, por exemplo)


Disclaimer

Todos os produtos mencionados neste blog são comprados por nós. As ofertas são identificadas com um (*) e merecem da nossa parte (no caso de apreciações) a mais sincera opinião, tal como todos os outros.

Possuímos um sistema de afiliados com a loja online Skin.pt e com a sweetcare.pt, por isso, colocamos links a apontar para produtos à venda nas mesmas.

Os links para produtos colocados nos posts, são apenas indicativos. Sugerimos aos nossos leitores uma pesquisa prévia em diferentes pontos e plataformas de venda, de maneira a garantir compras informadas.

Não fazemos posts patrocinados (publiposts) e, como tal, nenhum dos conteúdos apresentados neste blog é pago. Assim, reservamos a zona lateral esquerda para banners, publicidade paga, acções e passatempos a decorrer no blog, e o rodapé a parcerias.

Os conteúdos visuais e escritos são da nossa autoria. Os conteúdos cedidos/citados serão identificados com o autor e/ou fonte dos mesmos.

SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Diff Hair Designers