Pretty Exquisite no Invicta Maquiagem

Publicado por: Marlene Vinha a 25 de Sep 2012

Foto: Fred Gomes 
Há uns tempos, fomos convidadas pela querida Micky, do blog Invicta Maquiagem, para falarmos um pouco sobre nós e sobre aquilo de que muito gostamos: maquilhagem. Claro que não nos fizemos rogadas, e agradecemos muito esta oportunidade. Aqui fica a transcrição integral do seu conteúdo.


Mais uma conversa aqui no Invicta Maquiagem! Hoje trago-vos duas das mulheres mais bonitas e mais cheias de estilo e glamour que conheço. Falo da dupla de irmãs Diana e Marlene Vinha.  As Manas Pretty Exquisite devem este cognome ao seu blog e à Consultoria de Imagem que  prestam (vejam aqui) e estão fotografadas abaixo pela lente do sempre competente Fred Gomes.
Olá Diana e Marlene! Obrigada por terem aceite estar à conversa comigo e com os meus leitores. O vosso blog, o Pretty Exquisite, é um espaço simples mas bonito, cheio de coisas lindas e ideias fantásticas. Admiro-vos imenso!

Quando é que se aperceberam que gostavam imenso de maquiagem e porque? Houve algum “clique”?
Marlene: Em primeiro lugar, quero agradecer à Micky a oportunidade de figurar no blog Invicta Maquiagem, que é um lugar que ela cultiva com muito carinho e dedicação.
Depois, em relação à pergunta e pelo que me conta a minha mãe, quando eu tinha cerca de um ano e estava ao colo dela, passava-lhe o dedo pelos lábios para tirar batom e pôr em mim. Por isso, acho que essas influências coquetes, vieram dela.
Sempre tive muito cuidado com a pele, e a maquilhagem ficou sempre em segundo plano, porque simplesmente não sabia usar. E sou a favor, de que se não sabe ou não há à vontade, mais vale não pôr nada.
O verdadeiro “amor”, nasceu há cerca de cinco anos, quando fiz um workshop de auto-maquilhagem com a Mónica Mota, que tirou o curso com a Antónia Rosa. É uma maquilhadora muito querida e sobretudo paciente, que na altura me ajudou a desbravar, sem medo, este universo, bem como a escolher o que se adequava melhor para mim. Foi uma mais valia, e tenho muita pena de não ter feito o curso mais cedo.
Diana: Faço minhas as palavras da mana, em relação ao convite! Obrigada Micky!
Confesso que a culpada da paixão voyeur e de consumidora de make-up veio da mana. Lá me calhou o lugar de cobaia, desde cedo. Isto dito com todo o amor e carinho. Tive também formação de maquilhagem no meu curso de Consultora de Imagem, mas desde sempre, o meu coração palpitou mais forte pelos trapos, sapatos e acessórios.

Então e marcas favoritas, têm? Porque é que diriam que essa marca vos agrada mais do que as restantes?
Marlene: Infelizmente, tenho…muitas! Derreto-me muito facilmente com embalagens e produtos bonitos, mas em termos de resultado, sou exigente. Assim, no topo tenho a Dior, a Revlon e Chanel.
Gosto de muitas mais, mas estas têm vindo a ganhar terreno no meu trabalho de maquilhagem, e no meu kit pessoal, e passo a explicar porquê. Porque com as sombras Dior, nunca ficamos mal. Os quartetos ou quintetos de sombras são fabulosos, com harmonias bonitas, acabamentos irrepreensíveis e uma articulação perfeita na forma como as sombras se encaixam entre si. Para além disso, uma das bases que uso -Diorskin Nude- ainda não foi destronada por mais nenhuma marca até ao momento.
A Revlon, porque é uma marca de paixão, sobretudo pelos batons e os vernizes. Fico contente que esteja a ter reconhecimento nos consumidores de maquilhagem cá, porque é de facto, muito boa. Apresenta propostas, ligeiramente, mais acessíveis em termos de batons mate e stick lip balm. Foi revolucionária nos vernizes perfumados e inovadora nos eyeglide e lipglide (que foram descontinuados , com muita pena minha).
Depois a Chanel, marca da qual não tinha muitos produtos até há pouco tempo, sobretudo pelos preços elevados. Mas a verdade, é que as bases têm conseguido conquistar-me. Sempre que uso qualquer uma, seja de linha for, é certo que o resultado vai sair impecável. Para além disso, blushes e batons, são igualmente maravilhosos. Ninguém pode negar!
Diana: Acho que partilho as mesmas marcas que a minha irmã, que mas dá a conhecer, sempre que alguma a surpreende. Mas confesso que, o meu olho divaga sempre, para marcas com embalagens bonitas e de inspiração vintage, como a Bourjois e a Lâncome.

Há algum produto de maquiagem (seja um produto em particular ou apenas um tipo de produto) que achem impensável não ter?
Marlene: Depois dos 30, acho impensável não ter corrector. Aliás, em qualquer idade, acho mesmo indispensável.
Diana: O corrector que me apaga as olheiras (até ao umbigo) todos os dias, a máscara de pestanas para me abrir os olhos ensonados pela manhã e o blush, sem o qual a nossa mãe diz que estou doente e que não me alimento em condições.

A dica ou truque de maquiagem mais útil de todo o sempre é….?
Marlene: cuidar da pele, sempre!
Diana: Dar beijinhos a um lenço depois de aplicar um batom extremamente pigmentado, para evitar que este migre para os dentes.

Contem-nos um história engraçada, curiosa ou interessante que tenha acontecido a cada uma e que envolva, de algum modo, maquiagem.
Marlene: Pensei várias vezes sobre esta pergunta, e por enquanto só me acorre uma e que envolve pestanas falsas. Numa saída à noite, maquilhei-me em casa de uma colega, e pus pestanas falsas. Quando ía a colocar a segunda tira, não sabia dela, mesmo tendo procurado em tudo que era sítio. Como não tinha disponível mais nenhum par, a solução foi tirar a que já tinha colocado. Já a meio da noite, alguém começou a sacudir-me o braço muito aflita a dizer que tinha um bicho enorme lá….quando afinal era a tira de pestanas farfalhuda que estava colado junto ao cotovelo!
Diana: Como não arrisco muito, à excepção de quando sou maquilhada por outros (quase sempre pela minha irmã), confesso que não existe muita margem para situações curiosas ou engraçadas, porque o resultado é sempre de mestre.

Mais algum comentário ou mensagens que queiram aqui deixar a quem, como vocês e como eu, tenha uma paixão pela maquiagem?
Marlene: ousem mais na maquilhagem. Não quero com isto dizer exagerar, se não se sentem bem, mas sim arriscarem-se neste universo nos ajuda a sentir mais bonitas.
Diana: usem bons produtos e adequados a vocês, mesmo que sejam poucos e, sobretudo, tratem bem da pele e não usem a maquilhagem como máscara ou camuflagem, mas sim como um upgrade daquilo que têm de melhor.

Obrigada, meninas! Fiquei muito feliz por terem aceite o meu convite. Adorei ter-vos por cá.
Quanto a quem lê, por favor, não se esqueça de visitar o site Pretty Exquisite e o blog que lhe corresponde. As manas Diana e Marlene Vinha fazem um excelente trabalho no seu blog, bem como na prestação de serviços de Consultoria de Imagem aqui no Porto. Recomendo-as vivamente!

Esperamos que tenham gostado e que visitem o blog Invicta Maquiagem , que a autora faz questão de cultivar diariamente com muita dedicação e carinho!


Comentários
Disclaimer

Todos os produtos mencionados neste blog são comprados por nós. As ofertas são identificadas com um (*) e merecem da nossa parte (no caso de apreciações) a mais sincera opinião, tal como todos os outros.

Possuímos um sistema de afiliados com a loja online Skin.pt e com a sweetcare.pt, por isso, colocamos links a apontar para produtos à venda nas mesmas.

Os links para produtos colocados nos posts, são apenas indicativos. Sugerimos aos nossos leitores uma pesquisa prévia em diferentes pontos e plataformas de venda, de maneira a garantir compras informadas.

Não fazemos posts patrocinados (publiposts) e, como tal, nenhum dos conteúdos apresentados neste blog é pago. Assim, reservamos a zona lateral esquerda para banners, publicidade paga, acções e passatempos a decorrer no blog, e o rodapé a parcerias.

Os conteúdos visuais e escritos são da nossa autoria. Os conteúdos cedidos/citados serão identificados com o autor e/ou fonte dos mesmos.

SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Diff Hair Designers