oh essie, essie....

Publicado por: Marlene Vinha a 03 de Jan 2013

Quando esta caixinhada essie (oferecida pela marca) chegou à Pretty, a primeira coisa que fiz foi, correr a açambarcar todos os vernizes  que tenho da marca, e qual criança a brincar com os legos, comecei a organizá-los por cores. E é com essa visão que temos a consciência de que é impossível ter só um...porque é lado-a-lado que ele ficam bonitos!


(piroseira, eu sei)

Não me lembro ao certo onde vi a essie pela primeira vez, mas talvez tenha sido no blog Cupcakes &Cashmere. Claro que não tardou a crescer em mim o desejo de deitar a mão àquelas cores maravilhosamente pastel. Infelizmente, Portugal é quase sempre dos últimos países onde certas marcas teimam em chegar, mas isso não foi impedimento. Graças às compras online ou a algumas viagens esporádicas, consegui comprar um dos primeiros vernizes da marca que foi um top coat mate, e já lá vão uns anos. Aliás a embalagem já nem é igual como podem ver abaixo. Para além das cores indiscutivelmente cativantes, o que mais gosto, é o frasco simples e algo retro.

No iníco deste ano, numa visita à Expocosmética, tive pela primeira vez a experiência arrebatadora de ver cá, dezenas e dezenas de frascos e cores alinhados e ainda por cima a preços verdadeiramente apetecíveis (5€). Assim, fiquei com a Joaninha  (parceira na loucura dos vernizes) no balcão da essie, uns bons 40 minutos a enunciar, quais fanáticas em transe, os nomes mais badalados da marca:" ah...agora queremos ver o Haute as Hello. Ah, não...queremos o Mint Candy Apple". Temos a certeza que pusemos o cabelo em pé ao vendedor, mas adiante.

Nos novos frascos, reparei que o pincel foi alterado, e para melhor, na minha opinião, pois é mais largo e mais preciso. Em termos de cobertura, há cores ingratas de serem trabalhadas, mais concretamente, os pastéis e o fluorescente. São mesmo muiiito difíceis. Mas já se sabe que cores pastel exigem mão certeira e uma dose de paciência. Para além disso, alguns vermelhos também não são muito consistentes, e em todas as cores que tenho, são precisas no mínimo duas camadas. O top coat good to go é bom (não o melhor para mim) e tem a particularidade de perpetuar o brilho do verniz. Eu raramente aguento mais de dois dias com verniz sem ele começar a lascar, é certo. E por isso, resolvi experimentar um combo exclusivamente essie: base, duas camadas de verniz e o top coat. E adivinhem, durou três dias! Foi mesmo uma vitória!

Como já não é segredo, a essie resolveu reconhecer as muitas fãs que existem por cá, e diversificou os seus pontos de venda. Por isso, já não há desculpa para não se ter pelo menos um, mas pela minha experiência...não se vão querer ficar por aí, ou vão?

Há favoritos?


Disclaimer

Todos os produtos mencionados neste blog são comprados por nós. As ofertas são identificadas com um (*) e merecem da nossa parte (no caso de apreciações) a mais sincera opinião, tal como todos os outros.

Possuímos um sistema de afiliados com a loja online Skin.pt e com a sweetcare.pt, por isso, colocamos links a apontar para produtos à venda nas mesmas.

Os links para produtos colocados nos posts, são apenas indicativos. Sugerimos aos nossos leitores uma pesquisa prévia em diferentes pontos e plataformas de venda, de maneira a garantir compras informadas.

Não fazemos posts patrocinados (publiposts) e, como tal, nenhum dos conteúdos apresentados neste blog é pago. Assim, reservamos a zona lateral esquerda para banners, publicidade paga, acções e passatempos a decorrer no blog, e o rodapé a parcerias.

Os conteúdos visuais e escritos são da nossa autoria. Os conteúdos cedidos/citados serão identificados com o autor e/ou fonte dos mesmos.

SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Diff Hair Designers