Gostava de escrever sobre outra coisa que não fosse batons...

Publicado por: Marlene Vinha a 01 de Dec 2015

A pessoa tenta (não muito, é certo) mas não consegue. Batons é aquela coisa à qual  nunca consigo resistir. Às cores e texturas, juntam-se-lhe packagings de morrer, e isto basta para me fazer revirar os trocos na carteira.

Assim, vamos a mais uma leva daquele que será dos meus favoritos de toda a maquilhagem, principalmente os coloridos.

O primeiro agrupamento dedico à cor vermelha e variantes, e temos então:

Nars Audacious Lipstick na cor Marlene. Já expliquei aqui que de facto, resistir a um batom que tem o nosso nome, seria coisa impossível de se conseguir e portanto, teve mesmo que ser meu. Tem uma textura rica e cremosa com uma cor que enquadro na categoria dos vermelho/laranja telha, opaco e acabamento semi-mate (3.)

Depois, o Yves Saint Laurent Rouge Pur Couture 01 (*) que poderia considerar como um vermelho neutro e clássico. Uma cor bem equilibrada e rica, e de acabamento brilhante (5.)

Por último, o Julie Hewett Belle Noir, que tem das embalagens mais bonitas de sempre, de inspiração vintage e elegante, e que alberga uma cor de laranja avermelhado, bem aberto e vibrante, cobertura totalmente opaca e acabamento semi-mate, apesar de se apresentar como mate (4.)

Ainda nesta categoria, temos mais umas quantas cores que se desenrolam numa panóplia de cores vermelha e laranja.

Começo pelo Urdan Decay Matte Bad Blood (*) que é um vermelho sangue intenso e rico, mate sem ser seco (2.)

Flormar Supermatte 208 Red Terracota, é um laranja profundo, telha, quente e acabamento mate sem ser seco nem baço, com um nadinha mais amarelo que o da Nars (1.)

Depois, o Charlotte Tilbury Lost Cherry Matte, é um rosa forte, a tender para o coral, acabamento opaco e mate, mas não seco (11.)

Por último, o Oriflame The One Orange Pop (*) que é um laranja eléctrico bem aberto e bastante amarelo, e de acabamento semi-opaco (6.)

Na categoria dos malvas e rosas, começo pelo:

Urban Decay Matte After Dark (*) violeta rico e frio, cor intensa e acabamento opaco (7.)

Depois, um baratinho mas muito bom, este Milani 61 Matte Naked nude com fundo “alilasado”, nada seco e super confortável nos lábios (8.)

Ainda, este Urban Decay Matte Stark Naked (*), que é um nude, de fundo pêssego, quente, cor opaca e acabamento mate, mas nada seco (9.)

E mesmo para terminar, o Charlotte Tilbury Sexy Sienna Matte, uma cor bem retro, pêssego, à primeira vista mate mas com partículas ínfimas de brilho que jamais serão capturadas por uma câmara comum. Muito bonito e mais uma vez, um mate nada seco e bastante confortável (10.)

Escusado será dizer, que entretanto já comprei mais umas coisinhas e fica a promessa de vos vir dar nota delas em breve!


Comentários
Disclaimer

Todos os produtos mencionados neste blog são comprados por nós. As ofertas são identificadas com um (*) e merecem da nossa parte (no caso de apreciações) a mais sincera opinião, tal como todos os outros.

Possuímos um sistema de afiliados com a loja online Skin.pt e com a sweetcare.pt, por isso, colocamos links a apontar para produtos à venda nas mesmas.

Os links para produtos colocados nos posts, são apenas indicativos. Sugerimos aos nossos leitores uma pesquisa prévia em diferentes pontos e plataformas de venda, de maneira a garantir compras informadas.

Não fazemos posts patrocinados (publiposts) e, como tal, nenhum dos conteúdos apresentados neste blog é pago. Assim, reservamos a zona lateral esquerda para banners, publicidade paga, acções e passatempos a decorrer no blog, e o rodapé a parcerias.

Os conteúdos visuais e escritos são da nossa autoria. Os conteúdos cedidos/citados serão identificados com o autor e/ou fonte dos mesmos.

SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Diff Hair Designers