Máscaras refirmantes e Anti-idade

Publicado por: Marlene Vinha a 19 de Jun 2015

Acho que ninguém reparou mas na semana passada não fiz o post prometido sobre máscaras. Mas não queria deixar de continuar esta saga, porque estou mesmo empenhada em terminar este assunto (se bem que com as novidades que ali tenho, dificilmente teremos encerramento definitivo) e dar vazão à “produtada” que está a ganhar teias de aranha ali no armário.

Assim, esta semana traz à minha lente de análise a tipologia de máscaras adequadas para refirmar a pele e combater os sinais de idade.

Permitam-me apenas retractar-me pois na história deste blog, sempre usei a palavra reafirmar (e que consta nas bulas dos produtos) mas que se constata agora estar errada e que me foi esclarecida pela Coisas&Cenas através desta explicação.

Assim, é por essas mesmo que vou começar e a primeira máscara refirmante sobre a qual vou tecer juízo é esta Renaissance A.R.N -A.D.N Firming Cream Masque da Coryse Salomé. Não vou dedicar grandes linhas a este produto porque não gostei nada e foi o verdadeiro suplício terminá-lo. Consiste numa pasta branca que não chega a secar completamente e que promete refirmar a pele e hidratá-la. Garante ainda, que a pele fica mais luminosa e clara. A esta altura do campeonato, em que a embalagem foi para o lixo e não consigo encontrar os ingredientes online, só vos posso dizer que não vale a pena. Não faz absolutamente nada de bom para a pele, nem acho que cumpra minimamente aquilo que até nem é muito difícil de conseguir que é dar a básica hidratação à pele. A marca tem uma abordagem e uma panóplia interessante de produtos que estão a preços super simpáticos aqui, mas que nem assim me cativa a usar mais coisas. Porque 5€ por um produto é barato, mas se não valer a pena, é mal gasto.

Já a máscara seguinte - Ice Mask Switzerland - é das melhores cosias que já usei para o efeito. É simplesmente brutal! Está incluída naquela tipologia de máscara em tecido embebido, que exige preparação já que as máscaras vêm embaladas individualmente numas cápsulas que servem de contentor para misturar o líquido que vem na garrafinha. Podem ver o vídeo de explicação aqui. Depois, aplica-se na pele limpa e é só usufruir do efeito altamente refrescante e tensor que acontece porque a superfície da epiderme fica tonificada e contraída e a vitamina C faz o seu papel no que toca a estimular o colagénio. Isto promove o efeito lifting não só de forma imediata mas a longo-prazo, que na realidade, é o que se quer.

Portanto, esta máscara pode ser usada de forma contínua, para um efeito mais efectivo a nível de firmeza, rugas e hidratação ou então, em jeito de boost imediato, antes de uma festa, após um dia complicado ou num voo, por exemplo. Não deixa resíduos mas deixa um rasto ultra refrescante e tenso na pele, que se prolonga durante algum tempo, após a remoção da máscara em si. O líquido possui Aloé Vera, Vitamina C e mentol.

A titulo de curiosidade, esta máscara é muito usada após intervenções estéticas já que alivia inchaços, hematomas, vermelhidões e coceiras e o segredo é o Liquid Ice que é igualmente usado para tratar maleitas do corpo em atletas de alta competição no alívio de dores de costas e pernas, por exemplo.

Depois, temos a Masque Confort Anti-Age da Embryolisse que comprei no seguimento da qualidade que reconheço ao Embryolisse Lait Crème, como hidratante básico e eficaz que uso sobretudo em trabalho. Neste caso, estamos perante uma máscara adequada a todos os tipos de pele que vem numa bisnaga de plástico e consiste numa pasta branca que seca na pele. A formulação não é má e conta com ingredientes emolientes, reparadores da pele e uma data de óleos bons de alperce, amêndoa, girassol entre outros, e ainda com ácido hialurónico e vitamina E (ainda que estejam quase no fim da lista) e promete regenerar a pele, torná-la mais preenchida e firme, com as rugas alisadas e a pele luminosa. Promessas atractivas, certo? Mas a verdade é que não achei que fosse nada por aí além e apesar de até ser agradável de se usar, não senti que contribuísse de forma substancial para uma melhoria da pele em nenhuma das valências que reclama, excepto talvez na de deixar a pele hidratada e reconfortada.

Da Masque Tenseur Remodelant da Eisenberg Paris, já foram feitas todas as apreciações neste post mas para rematar, não achei que esta máscara fosse refirmante o suficiente para dar nota mas é sem dúvida um produto muito agradável de se usar, que deixa a pele muito bonita e repousada.

Depois, mais um flop encontrado nesta Algenist Firming&Lifting Intensive Mask que se assume formulada com uma combinação patenteada de ácido algurónico que tem propriedades anti-idade, diz a marca, e que promete que esta máscara recupere a elasticidade da pele, firmeza e suavidade.

Em termos de posologia, é a já habitual ou seja, aplica-se na pele limpa e seca evitando o contorno dos olhos e retira-se o excedente com um algodão. Olhado para os ingredientes, estamos perante coisa da boa, já que a mesma conta com poderosos antioxidantes como a raíz de ginseng e emolientes, e os péptidos anunciados. Mas resumindo e concluindo, não achei este produto nada de mais nem notei que contribuísse de forma notória para a firmeza da minha pele, pelo que, a demanda por produtos melhores nesse campo, continua.      

Por último, uma repetente e esta Daeses Firming Mask da Sesderma, que diz que o segredo do produto é o facto do mesmo incorporar “DMAE (dimetilamino etanol ou deanol) que é um nutriente natural obtido do peixe encapsulado em lipossomas que consegue que a sua pele fique mais firme, elástica e lisa instantaneamente mediante dois mecanismos:

1 - Aumenta a liberação de acetilcolina, um neurotransmissor que diminui à medida que envelhecemos. Este componente é responsável pelo envio de sinais dos nervos aos músculos e de nervo a nervo, como consequência produz-se um aumento do tónus muscular.

2 - Estimula a síntese de colagénio, reduzindo as rugas e aumentando a elasticidade da pele".

Ok, parece-me tudo muito bem mas como a menina não impressionou, nem um pouco, ao contrário de tudo o resto que já usei da marca, fui averiguar o que seria este ingrediente e encontrei opiniões contraditórias aqui ou nesta análise. À falta de conhecimentos a este nível de investigação, fico-me pela minha experiência com o produto, que vale o que vale mas que no meu caso, não valeu a pena. A textura é muito parecida a todas desta linha de acção - branca e consistente – e depois de aplicada e retirada, tudo o que noto é a pele hidratada e reconfortada. Nada além disso!                                                                                                        

Os agrupamentos de produtos estão algo esquizofrénicos porque as fotografias foram tiradas em diferentes momentos e eu resolvi juntá-las todas nestes post. Isto, caso se estejam a questionar o porquê de aparecerem máscaras repetidas.


Disclaimer

Todos os produtos mencionados neste blog são comprados por nós. As ofertas são identificadas com um (*) e merecem da nossa parte (no caso de apreciações) a mais sincera opinião, tal como todos os outros.

Possuímos um sistema de afiliados com a loja online Skin.pt e com a sweetcare.pt, por isso, colocamos links a apontar para produtos à venda nas mesmas.

Os links para produtos colocados nos posts, são apenas indicativos. Sugerimos aos nossos leitores uma pesquisa prévia em diferentes pontos e plataformas de venda, de maneira a garantir compras informadas.

Não fazemos posts patrocinados (publiposts) e, como tal, nenhum dos conteúdos apresentados neste blog é pago. Assim, reservamos a zona lateral esquerda para banners, publicidade paga, acções e passatempos a decorrer no blog, e o rodapé a parcerias.

Os conteúdos visuais e escritos são da nossa autoria. Os conteúdos cedidos/citados serão identificados com o autor e/ou fonte dos mesmos.

SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Diff Hair Designers