Cinco razões para deixar de usar lápis preto na linha de água

Publicado por: Marlene Vinha a 15 de Jan 2015

Quando pergunto às minhas clientes, se costumam usar alguma maquilhagem, 90% das vezes (não sei se será esta percentagem, mas gosto de dramatizar e a verdade é que são mesmo muitas) respondem que, ou não usa nada ou usa o "risco preto". E é tão frequente esta resposta, comprovado pelo que acabo por ver na rua, que me levou a questionar o porquê de as meninas adoptaram como único passo da maquilhagem, aquele que menos as favorece (na maioria das vezes).

Assim, em jeito de sugestão e justificação pelo qual o deveriam deixar de fazer, aqui ficam cinco motivos, que eu quero acreditar que sejam dos bons:

1 - É pouco favorecedor para a maioria dos formatos de olhos. Fecha o olhar, torna-o mais pequeno ou até mesmo descaído e triste. O ideal é que na maquilhagem os ângulos sejam trabalhados de forma ascendente e de dentro para fora, caso contrário, estamos a dar uma ajudinha à gravidade que já por si, não é piedosa. Seria muito mais profícuo, aplicarem-no na linha de água superior e entre as pestanas (tightlining). Experimentem e digam-me qualquer coisa.

2 - É descontextualizado quando usado como único acessório de maquilhagem. Corrigir a olheira, usar máscara e nem que seja só mais com um hidratante de lábios com cor, há que equilibrar a sua aplicação com outro elemento.

3 - Dá um ar desleixado porque se o lápis não for de qualidade, acompanhado de alguma técnica na aplicação, passadas umas horas, está tudo borrado e fora do sítio.

4 - Exige manutenção e cuidado extra na aplicação. Como disse acima, um lápis à prova de água é, na maioria das vezes, indicado para esta zona. Mas também ajuda se se aplicar um pouco de sombra na linha das pestanas inferiores para fixar e estancar a migração. Para além disto, exige que se ande sempre com cotonetes atrás para ir remediando o caso. Aplicar lápis preto às 7 da manhã e esperar que tudo corra bem durante o dia, e que não se vai fazer figuras tristes, é ser crente. Mais vale ficarem mais 5 minutos na cama e não perderem tempo com a maquilhagem.

5 - Acentua a olheira apenas e porque, se sai do sítio, tem tendência a escurecer uma zona que já por si, é escura. Por outro lado, se a olheira estiver bem corrigida, o lápis preto pode ajudar a equilibrar a zona. Mas este post não é sobre as vantagens do mesmo, certo?

E, piora com a idade. O olho vai perdendo definição e estrutura, fica mais caído e, em alguns caso, tende a lacrimejar mais. O lápis preto vai acentuar tudo o que enunciei em cima e confere um ar demasiado duro.

Se realmente não conseguem deixar de usar, pela força do hábito, um lápis preto nessa zona, sugiro e uso, na maioria das vezes, lápis de outras cores. Ora aqui estão alguns dos meus favoritos.

Existe o já tradicional bege, para aliviar olhos cansados e dar a ilusão de serem maiores (Mac chromahraphic pencil nc15/nw20). Mas se querem cor, o castanho fica lindo em olhos verdes ou azuis (* Revlon eyeliner pencil earth brown). Já o bronze, dá luz a qualquer cor de olhos e para os castanhos, evidencia e destaca, sem pesar (Clarins lápis de olhos na cor 06 copper). Outra cor que uso muito é o toupeira (Peggy Sage lápis de olhos na cor taupe) que define mas não pesa. E, já para não falar noutras cores, como turquesa ou verde, que trazem cor e destaque para a maquilhagem, mas de forma discreta.

Consegui convencer-vos com estes argumentos ou nem por isso?

Para a semana acho que vou fazer um post só sobre lápis bege (actualização: já disponível). O que acham?


Disclaimer

Todos os produtos mencionados neste blog são comprados por nós. As ofertas são identificadas com um (*) e merecem da nossa parte (no caso de apreciações) a mais sincera opinião, tal como todos os outros.

Possuímos um sistema de afiliados com a loja online Skin.pt e com a sweetcare.pt, por isso, colocamos links a apontar para produtos à venda nas mesmas.

Os links para produtos colocados nos posts, são apenas indicativos. Sugerimos aos nossos leitores uma pesquisa prévia em diferentes pontos e plataformas de venda, de maneira a garantir compras informadas.

Não fazemos posts patrocinados (publiposts) e, como tal, nenhum dos conteúdos apresentados neste blog é pago. Assim, reservamos a zona lateral esquerda para banners, publicidade paga, acções e passatempos a decorrer no blog, e o rodapé a parcerias.

Os conteúdos visuais e escritos são da nossa autoria. Os conteúdos cedidos/citados serão identificados com o autor e/ou fonte dos mesmos.

SweetCare - Saúde, Beleza e Cosmética

Diff Hair Designers